Sobre Nós

Sobre Nós

Integração

Para que as tecnologias envolvidas no conceito da Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) sejam aplicadas com efetividade, há necessidade de integrá-las e de considerar a potencialidade de seus elementos principais, que de forma complementar, conferem segurança e simplicidade operacional, que caracteriza este contexto.

Os principais componentes de uma solução IoT, são:


A. Sensoriamento: captura de dados nos pontos de medição, que envolve o tratamento tanto dos componentes antigos instalados (“legados”), quando possível, bem como dos diferentes tipos de protocolos atuais disponíveis, sob o qual operam os diferentes equipamentos. Esta atividade envolve inclusive o desenvolvimento de dispositivos eletrônicos dedicados a obtenção de tais dados coletados, para a qual é dedicada atenção especial.


B. Transmissão de dados: para o tratamento dos dados coletados, envolvendo a utilização de tecnologias consolidadas como RFID, WiFi, NFC, GPRS, GSM, LTE, ou tecnologia emergentes típicas de IoT, como ZigBee, Z-Wave e, principalmente, LPWA (Low Power Wide Area Network) e protocolo LoRaWan (Long Range WAN), que traz grande potencial de uso às localizações hostis e remotas.

C. Consolidação de dados: a quantidade de dados gerados é potencialmente imensa, especialmente nas aplicações de frequente tomada de dados, como as atreladas a saneamento, óleo e gás, mineração, automação industrial, controle hospitalar, agronegócio, rastreamento de objetos e muitas outras.

D. Apresentação: a camada de apresentação faz com que todos os dados coletados, sejam convenientemente apresentados, de modo a que o valor gerado pela tecnologia possa demonstrar seu potencial, dando suporte a conceitos como “analytics”, “BI” e “insights”

E. Monitoramento: Que possibilita o acompanhamento de todas as atividades, bem como a detecção de anomalias, face às especificações e ativação de alarmes e envio das comunicações devidas (mensageria).